Você está aqui: Home › Colunas › Psicologia
Psicologia
Aumentou a depressão na população?
A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) constatou que a venda de antidepressivos em farmácias e drogarias do Brasil cresceu 42% de 2003 a 2007 Esse fato pode ser explicado principalmente por dois fatores, esses medicamentos podem ser usados em tratamentos que não são necessariamente na depressão, por exemplo as dores crônicas. Urologistas e ginecologistas, prescrevem antidepressivos para jovens com ejaculação precoce ou mulheres na menopausa Cresceu o uso de antidepressivos por pessoas sem diagnóstico de depressão ,em casos em que o paciente passa por uma fase difícil, como a perda de um parente ou a separação do cônjuge. Nos casos de depressão, os remédios são, muitas vezes, essenciais.
A depressão atinge de 10% a 12% dos brasileiros. A incidência em mulheres é duas vezes maior do que em homens. Segundo a Anvisa, há 130 tipos de antidepressivo, que só podem ser vendidos com receita médica. O princípio ativo mais vendido é a fluoxetina , que representa 13% do mercado desses remédios. A substância altera os níveis de serotonina, influenciando o humor.
B.W Voorhees e colaboradores , psiquiatras e pediatras da Universidade de Chicago, afirmam que adolescentes com sinais sugestivos de depressão, mesmo que sem o quadro clinico completo, devem fazer psicoterapia mais o uso de medicação. A psicoterapia que recomendam baseado em ensaios de medicina baseada em evidencias é a terapia cognitiva comportamental

Fonte: J Fam Pract. 2008 Nov;57(11):735-9

 

 

Veja mais em "Psicologia" [veja todos]

:: Apoio



:: Facebook

facebook

Desenvolvimento : Dexter's