Você está aqui: Home › Colunas › Fisioterapia
Fisioterapia
Dor neuropática
A 4ª Edição do Congresso Interdisciplinar de Dor da Universidade de São Paulo (CINDOR 2009) será realizada entre os dias 18 a 20 de junho, em São Paulo, e deve reunir pelo menos mil profissionais da área da Saúde.
O destaque do Cindor 2009 será dor neuropática, significa um tipo de dor sem uma causa especifica, que pode ser de grande intensidade. Dra. Herta Flor, Professora Titular do Departamento de Neurociência Clínica e Cognitiva, Universidade Heidelberg, Alemanha, que tem como linhas de pesquisa: dor neuropática e dor crônica facial.
Dor neuropática e uma dor, relacionada com formigamento, dor tipo queimadura, dor no trigêmeo ou dor do herpes, que não tem um local no corpo especifico que pode estar ligado ao alcoolismo ou ao diabetes. Herta Flor e sua equipe estudaram dor e sensibilidade sensorial em crianças em idade escolar (9-16 anos) que tinham sofrido moderada (n = 24) ou grave (n = 24) lesões de queimaduras na infância ( quando tinham 6 a 24 meses de idade) e 24 crianças controles da mesma idade e sexo sem queimaduras. Foram feitos testes quantitativos de sensibilidade para determinar limiares de dor a estímulos térmico (calor na pele, vidro com água quente), mecânico (aperto ou beliscão) e sensibilização perceptiva ( passar uma pena de ave na pele) e sentir dor ao invés de uma sensação leve.Os testes foram feitos na região da palma da mão e na região do nervo trigêmeo no rosto , que não sofreram queimaduras. Os resultados dos testes estavam proporcionais ao grau de queimadura. Os autores concluem que os
padrões da sensibilidade a dor foi alterada e pode refletir diferenças na qualidade da dor sentida no futuro entre crianças moderada e gravemente queimada.
Em outro trabalho cientifico dessa mesma equipe de professores alemães
examinaram uma amostra de 193 crianças e adolescentes (8-16 anos) ou que sofriam de dores idiopaticas ( sem causa aparente) sendo dores recorrentes de origem diferentes que foram comparados a controles saudáveis,crianças da mesma idade e sexo Foram feitos testes psicológicos nas crianças e em ambos os pais.As análises de comparação de pais e filhos produziram um padrão de correlações com a presença de depressão,traços de ansiedade , atividade da dor presentes na mãe com dor crônica. Essa correlação foi menor da criança com o pai.



Fonte: Cindor de 18 a 20 de junho,2009

 

 

Veja mais em "Fisioterapia" [veja todos]

:: Apoio



:: Facebook

facebook

Desenvolvimento : Dexter's