Você está aqui: Home › Colunas › Psicologia
Psicologia
Cefaléia e TPM
Síndrome pré-menstrual (SPM) é uma condição relativamente comum para as mulheres, que podem apresentar uma variedade de sintomas leves que geralmente precedem a menstruação, afetando as atividades diárias, mas não causando uma doença ou deficiência. Embora para algumas mulheres os sintomas possam ser debilitantes, a maioria dos casos pode se considerar como normais, não exigindo intervenção médica. Os sintomas da síndrome pré-menstrual podem ser emocionais, comportamental ou físico, e a cefaléia não especificada é citada como um dos sintomas, afetando mais da metade das mulheres com SPM. A forma da SPM mais grave chama-se disforica que é um termo psiquiátrico controverso q ue significa que existe uma síndrome psiquiátrica associada que é mais incapacitante, muitas vezes exigindo a intervenção médica.. Não há caracterização da cefaléia na SPM cefaléia..

O Colégio Americano de Obstetrícia e Ginecologia (ACOG) define a SPM com a presença de sinais e sintomas que estão presentes até cinco dias antes da menstruação, por pelo menos 3 ciclos menstruais seguidos, com resolução completa dentro de quatro dias depois de iniciado o fluxo. Auto-avaliação da SPM é confiável, e deve ser realizada por pelo menos três ciclos menstruais consecutivos. A Organização Mundial de Saúde ainda não reconheceu a tensão pré-menstrual como uma entidade patológica; enquanto isso a classificação norte americana já diferencia Síndrome pré-menstrual da Desordem Disfórica Pré-Menstrual
O objetivo do presente trabalho foi investigar as características de dor de cabeça que são típicas da SPM, que não esteve presente em outros períodos do mês, em mulheres com SPM, que não foram submetidos a consultas ou que procuram tratamento para SPM ou cefaléia.
Está sendo discutido e estudado se a Síndrome Pré Menstrual e a Desordem Disfórica são a mesma coisa, provavelmente sim chamadas no Brasil de Tensão Pré-Menstrual (TPM).Aproximadamente 80% das mulheres em fase reprodutiva apresentam sintomas na fase pré-menstrual, sendo que apenas 3 a 5% de forma grave a ponto de impedir a rotina ou o trabalho.
Seu início ocorre em média aos 26 anos de idade e tende a piorar com o tempo. As mulheres mais sujeitas a este problema são aquelas que sofrem de algum problema depressivo ou possuem algum parente com problemas de humor.
Yara Dadalti Fragoso e colaboradores neurologistas da Universidade Metropolitana da cidade de Santos estudam um grupo de 45 mulheres em idade fértil apresentando TPM foi convidado a preencher um diário de registro de cefaléia e dos sintomas de TPM por três meses consecutivos. O diário incluía detalhes de cada crise de cefaléia, permitindo classificação de acordo com os critérios da International Headache Society (IHS-2004). A Enxaqueca sem aura foi a forma mais freqüente de cefaléia na TPM (n=27, 60%), seguida de cefaléia tipo tensional (n=15, 30%). Em apenas dois casos a cefaléia variou entre os meses observados e em apenas um caso o diagnóstico não pôde ser conclusivo pelos critérios da IHS-2004.
Melhor manejo clínico e terapêutico pode ser obtido na cefaléia da TPM se o tipo de cefaléia apresentado pela paciente puder ser adequadamente caracterizado



Fonte: Arq. Neuro-Psiquiatr.67(1) Mar. 2009

 

 

Veja mais em "Psicologia" [veja todos]

:: Apoio



:: Facebook

facebook

Desenvolvimento : Dexter's