Você está aqui: Home › Colunas › Musicoterapia
Musicoterapia
Musicoterapia em crianças
A musicoterapia pode reduzir a necessidade de drogas analgésicas, como a morfina, e diminuir a angústia de crianças após uma pequena cirurgia.Stefan Nilsson e colaboradores, anestesistas pediátricos do Sahlgrenska University Hospital, da cidade de Göteborg da Suécia avaliaram se a música no pós-operatório reduz o consumo de morfina e influencia a dor, a angústia e a ansiedade após a cirurgia, e descreveram a experiência de escolares submetidos à musicoterapia um dia após a cirurgia. Foram documentados os números de pacientes que necessitaram de analgésicos, doses individuais, pontuação específica de dor, sinais vitais e administração de antieméticos no período de recuperação pós-anestésica. A dor relatada através da escala analógica, a angústia avaliada através da escala facial e a ansiedade foram registradas antes e depois da cirurgia. Entre as 80 crianças com idades entre 7 e 16 anos incluídas no estudo, 40 foram submetidas à musicoterapia.A partir das análises, os pesquisadores observaram evidências de que as crianças da musicoterapia receberam menos morfina na unidade pós-operatória do que o grupo controle (1/40 vs 9/40). E as notas individuais na escala afetiva facial foram menores, indicando menos angústia nesse grupo. De acordo com os autores, porém, não foram observadas diferenças em relação à escala de dor, avaliação objetiva da dor e da ansiedade entre as crianças dos dois grupos. A percepção das crianças foi que a música era "calmante e relaxante". A musicoterapia reduziu a necessidade de morfina e diminuiu a angústia após uma pequena cirurgia, mas não influenciou nenhum outro cuidado pós-operatório.

Fonte: Ped Anesthesia: 19(12),Dez 2009: 1184-1190

 

 

Veja mais em "Musicoterapia" [veja todos]

:: Apoio



:: Facebook

facebook

Desenvolvimento : Dexter's