Você está aqui: Home › Colunas › Psicologia
Psicologia
Ergonomia ou Psico-sociologia
Maria Paul Garasa e colaboradoras, Psicólogas e Ergonomistas, do Setor de Riscos do Trabalho do Hospital Universitário Miguel Servet de Zaragoza (Espanha) afirmaram que, desde 1997, existe naquele país a especialidade, em nível Universitário, de Ergonomia ou Psico-sociologia, na área de prevenção de riscos do trabalho.
Essa é uma especialização ligada à psicologia em geral e, especificamente, ao trabalho, avaliando as cargas fisicas e mentais, que podem evoluir para uma agressão à saúde do trabalhador. Quando é um problema de carga física é denominado de problema ergonômico do posto de trabalho, quando são fatores de natureza social, psico-social são englobados na denominação de psico-sociologia. Os autores fazem um estudo com as enfermeiras e auxiliares de enfermagem na área de hospitalização, analisando as agressões resultantes dos trabalhos em turnos sobre o organismo dessas trabalhadoras, baseado em questionários qualitativos (em um pequeno número de participantes e se analisa o vocabulário e as expressões verbais de problemas de carga de trabalho e satisfação no posto de trabalho e mesmo com a profissão). Esse tipo de trabalho usa uma metodologia diferente do processo quantitativo, que procura expressar em números porcentuais, os resultados obtidos, baseado em muitas respostas que pode não representar o pensamento da pessoa entrevistada, que deseja, responder o que esperam dela, se o questionário não for feito de uma forma anônima. Os autores afirmam que esses dois tipos de ferramentas, a ergonomia e a psico-sociologia, auxiliam muito na análise desse tipo de problema.
Fonte: Gestión Hospitalaria, Mar 2002 ; 13: 99-104

 

 

Veja mais em "Psicologia" [veja todos]

:: Apoio



:: Facebook

facebook

Desenvolvimento : Dexter's