Você está aqui: Home › Colunas › Fibromialgia
Fibromialgia
Importância de ácido lático na enxaqueca e na fibromialgia - TEXTO NOVO

 

O ácido lático é um subproduto do metabolismo muscular e do sistema nervoso central. As alterações no metabolismo estão relacionadas com diversas condições fisiológicas e patológicas. O objetivo deste estudo foi determinar a relação entre a enxaqueca e a fibromialgia com os níveis de ácido lático no sangue. Métodos: Foram estudados 93 pacientes, divididos em cinco grupos: 1) fibromialgia (n= 20 casos); 2) enxaqueca episódica (n = 20 casos); 3) enxaqueca crônica (n = 20 casos); 4) fibromialgia e enxaqueca episódica (n = 13 casos); e 5) fibromialgia e enxaqueca crônica (n= 20 casos), além de 20 indivíduos saudáveis (grupo controle). Os níveis sanguíneos de ácido lático foram medidos em quatro momentos : em repouso, durante o exercício aeróbico, durante a atividade física anaeróbica e durante o descanso depois do exercício anaeróbico. Resultados: O ácido lático aumentou em todos os grupos durante a atividade física anaeróbica, sem predominância em qualquer grupo. Durante a atividade física aeróbica, todos os grupos apresentaram um aumento nos níveis de ácido lático, mas esse aumento foi mais expressivo nos grupos de enxaqueca crônica e enxaqueca crônica com fibromialgia, sem significância estatística.

 

Conclusões: Não foram encontradas anormalidades que envolvessem o metabolismo do ácido lático na enxaqueca episódica e crônica, na presença ou não de fibromialgia.

 

Comentários: Esse é um trabalho realizado com uma metodologia científica adequada que comparou a incidência de fibromialgia nos grupos descritos acima. Reparem que os grupos eram muito bem caracterizados e possíveis de serem comparados. Esse estudo foi selecionado para que os fisioterapeutas comecem a realizar trabalhos científicos comparando dados de pacientes com várias queixas. Os autores compararam pacientes que tinham queixas definidas, porém o critério de escolha foi a presença de um dado biológico (ácido lático) e não baseado nas queixas dos pacientes.

Poderia se comparar por exemplo esses grupos analisando a presença de ácido úrico no sangue ou num outro exemplo a presença dos exames reumatológicos de cada um desses grupos.

 

 

Nota: esse artigo está disponível na Revista Brasileira de Reumatologia e pela Nova Ortografia está correto tanto ácido láctico ou ácido lático.

Fonte: Guido Assis Cachuba de Sá Ribeiro, Rosana Hermínia Scola, Elcio Juliato Piovesan , Darley Rugeri Wollmann Junior, Eduardo dos Santos Paiva , Claudio Leinig Pereira da Cunha e Lineu Cesar Werneck do Programa de Pós-graduação de Medicina Interna e Ciências da Saúde, Universidade Federal do Paraná (UFPR), Curitiba, PR, Brasil Rev Bras Reumatol. 2015;55(6):471–476

 

 

Veja mais em "Fibromialgia" [veja todos]

:: Apoio



:: Facebook

facebook

Desenvolvimento : Dexter's