Você está aqui: Home › Colunas › Reumatismo
Reumatismo
Medicamentos para artrite reumatoide - TEXTO NOVO

A artrite reumatoide vulgarmente conhecida como reumatismo ou colagenose é uma doença complexa e também designada como doença autoimune, em que o sistema imunológico da pessoa não reconhece os próprios glóbulos brancos e as células da cartilagem das articulações e da sinovial (cápsula que recobre a articulação) e começa a produzir anticorpos como se fossem corpos estranhos ou micróbios.
A artrite reumatoide é uma doença deformante e incapacitante, de origem hereditária e que até os dias atuais não tem cura. Os anti-inflamatórios usuais aliviam as dores, mas não impedem a progressão da incapacidade. Depois de algum tempo de uso, as dores são aliviadas com cortisona, mas essa não impede a progressão da doença.
Estão sendo usados os medicamentos denominados imunoreguladores, que são muito mais agressivos, e agem sobre a medula sanguínea, sobre os glóbulos brancos e certas substâncias do sangue. Os mais comuns são o metotrexato e ciclofosfamida, ambos também usados nos casos de transplantes de órgãos para evitar a rejeição.
Dois medicamentos foram liberados inicialmente na Europa e nos Estados Unidos e já são usados também no Brasil: o Leflunomida e o Etanercept (esse último usado por via subcutânea uma vez por semana, durante meses, mas tem efeito prolongado). 
Atualmente os reumatologistas estão realizando a detecção destas doenças reumáticas mais complexas através de pesquisas do PCR (
em inglês, Polymerase Chain Reaction).
O método PCR é usado habitualmente nos laboratórios de investigação médica e biológica para uma variedade de tarefas, como a detecção de doenças hereditárias.
Nos diagnósticos diferenciais das doenças auto-imunes reumáticas, os reumatologistas, muitas vezes tem que considerar infecções urogenitais e outras infecções inespecíficas. Os fisioterapeutas devem encaminhar para o reumatologista os pacientes que se submetem aos tratamentos fisioterápicos e não melhoram das dores nas articulações e na coluna vertebral, joelhos e principalmente os pacientes que têm um componente emocional e sexual complicado.

Fonte: Z Reumatol. 2016 fevereiro 18.

 

 

Veja mais em "Reumatismo" [veja todos]

:: Apoio



:: Facebook

facebook

Desenvolvimento : Dexter's