Você está aqui: Home › Colunas › Educação Física
Educação Física
Cuidados com idosos e atividade física - TEXTO NOVO

Os cuidados de saúde da população que está envelhecendo tornou-se uma questão crucial, devido à qualidade de vida. A atividade física é de importância primordial para os adultos mais velhos. 

Um estudo comparou a atividade física em duas populações de idosos ativos com funcionalidade, qualidade de vida e sintomas de depressão. Um estudo transversal foi desenvolvido com 64 adultos mais velhos. A atividade física foi avaliada através do Yale Physical Activity Survey para classificação de um grupo com menos atividade (LA) e um grupo com mais atividade (MA). Posteriormente, as outras variáveis ​​de saúde foram medidas através de questionários específicos: a qualidade de vida com o EuroQol (questionário EuroQol de cinco dimensões, EQ-5D), funcionalidade com a escala de equilíbrio de Berg (BBS) e sintomas de depressão com a escala de depressão geriátrica (GDS) . Houve uma diferença estatística significativa entre os grupos para o BBS (t = 2,21; P = 0,03, d = 0,27). A análise de correlação de Pearson mostra no grupo de menor atividade uma correlação moderada entre o BBS e a idade (r = -0,539; P <0,01) e EQ-5D (r = 0,480; P <0,01). Além disso, ambos os grupos apresentaram uma correlação negativa moderada entre o GDS e o trade-off (desistência) temporal EQ-5D (r = -0,543; P = 0,02). Adultos mais ativos com diferentes quantidades de atividade física diferem no BBS. Este escore funcional foi maior no grupo de maior atividade.  Ao observar a qualidade de vida, apenas o grupo LA ou de menor atividade foi negativamente associado com a idade, enquanto ambos os grupos foram associados com o índice de depressão.

 

 

 

Fonte: J Exerc. Reabil. 2016 Jun 30; 12 (3): 194-201

 

 

Veja mais em "Educação Física" [veja todos]

:: Apoio



:: Facebook

facebook

Desenvolvimento : Dexter's