Você está aqui: Home › Colunas › Coluna Vertebral
Coluna Vertebral
Posição sentada e dor na lombar - TEXTO NOVO

O objetivo do estudo realizado na Universidade americana LaCrosse ligada ao Centro de Medicina Esportiva foi determinar se sentar em uma bola por 90 min ao dia ao invés de uma cadeira tem um efeito sobre a dor lombar baixa (LBP) e a volta da incapacidade causada por essa dor comparada a resistência do núcleo muscular.

A dor lombar baixa (LBP) pode resultar de uma posição sentada prolongada. Foi proposto que a substituição de cadeiras com bolas de estabilidade pode diminuir a LBP naqueles que se sentam por períodos prolongados. As pesquisas sobre o tema são escassas e inconclusivas.

Um total de 90 sujeitos (estudantes universitários, funcionários e professores, idades entre 18-65, que sentam ≥ 4 h / dia) foram aleatoriamente designados para o grupo de intervenção ou controle para a primeira parte do estudo. Os dados de linha de base foram coletados usando o Oswestry Disability Index, uma escala de classificação numérica da dor da região lombar e quatro testes de resistência muscular. Durante 8 semanas, o grupo de controle sentou-se na sua cadeira habitual. O grupo de intervenção sentou-se em bolas de estabilidade 5 dias por semana, aumentando até 90 min de uso por dia. As medições da linha de base foram repetidas após a intervenção. Após um período de descanso, os indivíduos mudaram de grupo e os procedimentos foram repetidos. Um total de 70 completaram a participação no grupo de controle e 76 no grupo de intervenção.

Os resultados mostraram que não houve diferenças estatisticamente significantes para a dor ou incapacidade em nenhum dos grupos (P> 0,05). As alterações nas pontuações de resistência à flexão isométrica do tronco (P = 0,001), tanto na posição lateral dominante como na não dominante foram significativas no grupo de intervenção, mas não no grupo de controle. As comparações entre grupos revelaram diferença significativa na flexão isométrica do tronco (P = 0,005) e nos tempos de resistência. A análise também mostrou que sentar na bola não impediu um aumento na LBP ao longo do período de 8 semanas.

Sentar numa bola não teve efeitos significativos sobre LBP ou está  associado à causa de outras deficiências, mas também não melhora a resistência do núcleo no plano sagital. Embora a sessão de bola possa ser útil como tratamento adjuvante para LBP quando os músculos do núcleo estão envolvidos, os fisioterapeutas devem confiar em outros tratamentos baseados em evidências para LBP.

 

 

 

 

Fonte: Spine (Phila Pa 1976). 2016 15 de Setembro; 41 (18)

 

 

Veja mais em "Coluna Vertebral" [veja todos]

:: Apoio



:: Facebook

facebook

Desenvolvimento : Dexter's