Você está aqui: Home › Colunas › Fisioterapia
Fisioterapia
AMPK na função do músculo esquelético e metabolismo - TEXTO NOVO

O músculo esquelético possui uma habilidade notável para se adaptar a várias condições fisiológicas. O AMPK é um sensor de estado de energia intracelular que mantém alojamentos de energia ajustando caminhos anabolizantes e catabólicos. 

O AMPK (proteína quinase ativada por adenosina monofosfato) é uma enzima encontrada em todas as células do nosso corpo, promotora da saúde. Ela serve como uma ‘chave mestra reguladora’ do corpo, que evita fatores degenerativos ao revitalizar células envelhecidas. AMPK determina a composição da gordura corporal e o quanto tempo você vai viver.

A AMPK está envolvida na redução do armazenamento de gordura, regula a captação de glicose, cria novas mitocôndrias, elimina o lixo celular que se acumula dentro das células.O PUBMED atualmente oferece mais de 7.500 artigos publicados sobre vários aspectos da AMPK. Uma propriedade importante da AMPK é que ela induz múltiplos fatores de longevidade, que tem demonstrado aumentar a resistência ao estresse e estender a vida de muitos organismos (J Mol Med. 2011;89(7):667-76.)

O papel da AMPK como sensor de energia é particularmente crítico nos tecidos que exibem rotatividade de energia altamente variável. Devido às mudanças drásticas na demanda de energia que ocorrem entre o estado de descanso e exercício, o músculo esquelético é um desses tecidos. Foi feito um estudo para analisar a complexa regulamentação do AMPK no músculo esquelético e suas conseqüências sobre o metabolismo (por Exemplo na absorção de substrato, oxidação e armazenamento, bem como a função mitocondrial das fibras musculares esqueléticas). O artigo se concentrou no papel do AMPK no músculo esquelético durante o exercício e na recuperação do exercício. E também foi abordado adaptações para treinamento de exercícios, incluindo a plasticidade do músculo esquelético, destacando conceitos inovadores e perspectivas futuras que precisam ser investigadas. Além disso, foi discutido o possível papel de AMPK como alvo terapêutico, bem como diferentes ativadores de AMPK e seu potencial para o futuro desenvolvimento de medicamentos.

 

 

Fonte: FASEB J. 2017 Dec 14

 

 

Veja mais em "Fisioterapia" [veja todos]

:: Apoio



:: Facebook

facebook

Desenvolvimento : Dexter's