Você está aqui: Home › Colunas › Psicologia
Psicologia
Álcool e acidentes
A população mundial, com idade igual ou superior a 60 anos, compreende cerca de 11% da população geral, com expectativa de aumento nas próximas décadas. No Brasil, de acôrdo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, - IBGE, a população de idosos passou de 6,1%, em 1980, para 7,3%, em 1991, devendo chegar por volta de 10%, em 2010. A queda é o mecanismo de lesão mais freqüente entre os idosos (40%), seguida pelo acidente automobilístico (28%), atropelamento (10%), ferimento por arma de fogo e arma branca (8,0%), entre outros.
R. W Hingson e colaboradores, da Boston Universidade, estudaram a mortalidade de jovens de 18-24 anos causadas pelo álcool. Entre os 8
milhões de jovens dessa idade cerca de 25% dirige depois de ter consumido bebida alcóolica e mais de 3 milhões de jovens está no carro de um jovem que está dirigindo depois de beber. Isso significa que acima de 500.000 estudantes, em tempo integral de estudos, durante 4 anos do secundário, são acidentados, dentro do carro, sob a influência de um motorista alcoolizado e mais 600.000 pessoas podem ser atropeladas ou acidentadas, nas ruas ou estradas, por motoristas que dirigem alcoolizados.
Fonte: J Stud Alcohol 2002 Mar;63(2):136-44

 

 

Veja mais em "Psicologia" [veja todos]

:: Apoio



:: Facebook

facebook

Desenvolvimento : Dexter's