Você está aqui: Home › Colunas › Fisioterapia
Fisioterapia
Calor e lombalgia banal
Chama-se de lombalgia banal uma dor na coluna lombar, não muito intensa que se localiza na cintura e que não irradia para as pernas, que surge de repente, que desaparece e torna voltar em pouco tempo, ou seja, em questão de horas. Geralmente essa dor na coluna é causada por um entorce da coluna, levantamento de peso de uma maneira inadequada, dirigir automóveis durante muito tempo, trabalho sentado, etc. Grande quantidade de pessoas toma, nessas ocasiões, um anti-inflamatório ou analgésico, os quais, como se sabe, podem ter um risco potencial para fígado, rins e trato gastrointestinal, quando é usado em doses inadequadas.
Scott Nadler e colaboradores, da Faculdade de Medicina, de New Jersey da cidade de Newark, avaliaram 371 pacientes com essa dor lombar aguda, não-específica, também chamada de idiopática. O grupo A, com 113 pacientes, foi submetido a uma fisioterapia com calor de baixa intensidade, contínua (40 graus, 8 horas/dia), e os resultados foram comparados ao grupo B, com 113 pacientes que tomaram a acetominofen (analgésico) 4000mg/dia, um grupo C, formado com 106 pacientes, em que foi administrado ibuprofeno (anti-reumático) 1200mg/d, e pacientes do grupo D para quem foi dado um medicamento placebo oral, e 19 pacientes do grupo E em que foi aplicado placebo fisioterápico ou seja, um aparelho sem calor na lombar. O exame final do resultado foi feito pelo método duplo cego, ou seja, nem o paciente e nem o médico sabia, qual desses tratamentos foi aplicado em cada paciente. Medido numa escala de dor, o alivio da dor lombar no primeiro dia com o calor do grupo A (média de alivio foi 2,0) foi
comparada com a do grupo B (média 1,51; P = 0,0007) ou grupo C (média 1,32; P = 0,0001). Na análise dos resultados do terceiro ou quarto dia, o grupo A teve uma melhora (média, 2,61) que foi maior que do grupo B (média 1,68; P = 0,0001) ou grupo C (média 1,95; P = 0,0009). Medindo a melhora pela movimentação e flexibilidade lateral do tronco o grupo A teve uma média de mudança 4,28 cm, o grupo B, 2,93 cm (P
Fonte: Spine. 2002 May 15;27(10):1012-7.

 

 

Veja mais em "Fisioterapia" [veja todos]

:: Apoio



:: Facebook

facebook

Desenvolvimento : Dexter's