Você está aqui: Home › Colunas › Fisioterapia
Fisioterapia
Varizes e dores nas pernas
Uma das grandes dúvidas das pessoas que têm dores nas pernas, e também têm varizes, é se as varizes causam essas dores. Não, varizes superficiais das pernas não causam dores, isto é, na maioria das vezes, pessoas com varizes superficiais e dores nas pernas, sofrem da coluna lombar. As varizes podem causar um peso nas pernas.
As varizes são dilatações das veias superficiais, ou seja, daquelas que ficam logo debaixo da pele, que ficam com um calibre maior e mais visíveis. Quando as veias superficiais se dilatam não necessariamente também se dilatam as veias profundas. As veias trazem o sangue venoso, sem o oxigênio, por isso chamado de sangue de retorno, que foi até as pontas dos dedos do pé, e será enviado ao coração que mandará, por sua vez, o sangue para os pulmões para ser oxigenado. As artérias é que transportam o
sangue oxigenado para todo o organismo, e também para a ponta dos dedos do pé.
A causa exata das varizes é desconhecida. Mas existem fatores genéticos e hereditários, que determinam uma certa tendência ao aparecimento de varizes em certas famílias e seus integrantes. Mas, também existem causas adquiridas como gravidez, obesidade, uso de anticoncepcional, uso de reposição hormonal, tipo de trabalho, vida sedentária etc.
Existem principalmente dois tipos de varizes: 1)quando já existem veias grossas desenvolvidas cujo único tratamento é a cirurgia e 2) são veiazinhas, microvarizes, cujo tratamento é feito por injeções que esclerosam ou entopem as veias que é chamado de escleroterapia.
Até os anos 90, na cirurgia de varizes, era quase que regra a retirada das veias safenas. Mas essas safenas servem para fazer as chamadas pontes safenas no caso de obstrução das artérias coronárias e obstrução das artérias (não veias) das pernas (evitar a gangrena, nos pacientes diabéticos).
A inflação exclusiva das veias superficiais é rara, são as flebites. A inflamação das veias profundas causam a tromboflebite, que é uma inflamação mais grave, e vem associada com inflamação nas artérias das pernas, por isso chamada de tromboangioflebite, que, em certos casos, podem causar as chamadas úlceras varicosas das pernas, de difícil tratamento.
L. Klitfod e colaboradores, cirurgiões vasculares, dinamarqueses, da cidade de Hellerup, estudaram, durante um período de 18 meses, 39 pacientes que operaram 44 pernas, das quais 30 pernas (68%) estavam curadas, mas, 12 (27%) tinham refluxo na coxa, no próprio local da safena retirada.
Isso significa, segundo os autores, que existia uma anomalia, e a safena era duplicada, e de qualquer maneira as varizes poderiam voltar.
Fonte: Ugeskr Laeger. 2003 Jul 28;165(31):3013-5.

 

 

Veja mais em "Fisioterapia" [veja todos]

:: Apoio



:: Facebook

facebook

Desenvolvimento : Dexter's