Você está aqui: Home › Colunas › Educação Física
Educação Física
Aumento de diabetes 2 nos jovens
O Diabetes é o aumento da glicose, açúcar circulante no sangue. Esta elevação ocorre, na maioria das vezes, por diminuição na produção de insulina, ou por dificuldade na ação deste hormônio. A insulina, é o principal responsável pelo aproveitamento e metabolização da glicose pelas células do organismo, com finalidade de gerar energia, em geral, e, principalmente, para a força muscular. A insulina é produzida pelo pâncreas, e sua falta ou ação deficiente causa modificações importantes no metabolismo das proteínas, das gorduras, sais minerais, água corporal e principalmente da glicose. A diabete 1 ou infanto juvenil, é a forma mais grave e obriga a criança a tomar insulina de forma injetável, todos os dias. Também é chamada de diabetes insulino- dependente. A diabetes 2, geralmente acomete o adulto. O organismo, por uma razão específica, produz a insulina pelas células do pâncreas, mas, de alguma forma, ela não é aproveitada.
A incidência do tipo 1 de diabetes na América Latina varia de 0,4 a 8,3 casos por 100.000 crianças, abaixo de 15 anos, e a diabetes do tipo 2 varia de 1,2% a 8%, principalmente, nas áreas urbanas. Os especialistas afirmam que espera-se um aumento de 38% dos casos de diabetes na América Latina, nos próximos 10 anos, comparado com um aumento de 14% da população. Isso significa que em 2025 haverá mais do dobro de casos que existirão na população dos E.Unidos, Canadá e Europa. Entre as crianças latinas de 8 a 13 anos de idade, os fatores genéticos foram apontados pelos cientistas como o principal motivo do número elevado de diabetes 2 nas crianças. A combinação obesidade, hipertensão, hiperglicemia e resistência insulínica gera a chamada síndrome metabólica que culmina no diabetes do tipo 2. A prática de atividade física e alimentação equilibrada são fundamentais. A diabetes complica inúmeros doenças articulares e resultam em incapacitações.
D. S. Sartorelli e colaborador, do Departamento de Medicina Social, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo afirma que isso ocorre também no Brasil, porque está aumentando a prevalência de diabetes 2 entre as crianças brasileiras, que se alimentam com alimentos de baixo teor de fibras, e alto consumo de alimentos com gordura saturada e açúcares. A mudança de estilo de vida é um programa básico para esses jovens.

Fonte: Cad Saúde Publica. 2003; 19 Suppl 1: S29-36.

 

 

Veja mais em "Educação Física" [veja todos]

:: Apoio



:: Facebook

facebook

Desenvolvimento : Dexter's