Você está aqui: Home › Colunas › Osteoporose
Osteoporose
Bases do Tratamento
A ingestão de cálcio e de vitamina D modula os aumentos dos níveis do parotohormônio (PTH) e a absorção óssea. Essas duas suplementações reduzem as fraturas vertebrais e aumentam o BMD (bone mineral density- densidade mineral óssea) da coluna vertebral, reduzem as fraturas de colo de fêmur e outras. É sabido que os idosos têm uma redução do nível de absorção de vitamina D, por isso precisam receber doses generosas de vitamina D, que não estão incluidas nos comprimidos que têm cálcio e vitamina D associados. É melhor tomar o cálcio 1.000 mg separado da vitamina D, em forma de líquido oleoso, em jejum. O cálcio de ostra é uma forma de pouca absorção e também precisa ser evitada. A dose de vitamnina D fica entre 400 a 1.000 IU/dia. Todos os tratamentos de osteoporose devem ser complementados com cálcio e vitamina D.
A atividade física minima é fundamental, para a saúde em geral, e evitar quedas, mas, estes fatos têm pouca influência sobre a massa óssea. Os exercícios para influir sobre a osteoporose devem ser feitos com certa resistência, usando pesos, díficeis de se obter das pessoas idosas.
Foi comprovado através de ensaios clinicos e de meta-análises, que os bisfosfonatos (etidronato, alendronato e risedronato), aumentam a massa óssea da coluna e do colo do fêmur, de uma forma dose-dependente, reduzindo a incidência de fraturas, em geral, de 30% a 50 %, mas a Terapia de Reposição Hormonal (TRH) é a base fundamental para a prevenção e tratamento da osteoporose.

Fonte: Menopause. 2003 Jan;10:37-44

 

 

Veja mais em "Osteoporose" [veja todos]

:: Apoio



:: Facebook

facebook

Desenvolvimento : Dexter's