Você está aqui: Home › Colunas › Psicologia
Psicologia
Tratamento dos Derrames Cerebrais
Os acidentes vasculares cerebrais correspondem a 7% de todos os óbitos no Canadá, 4% das pessoas de 65 anos ou mais, vivem com as seqüelas neurológicas dos antigos derrames. Até recentemente, os tratamentos eram limitados,
mas agora os ensaios clínicos mostram que se o tratamento for iniciado dentro das 3 primeiras horas, pode-se reduzir e prevenir os danos neurológicos. A Dra. Elinor Wilson e colaboradores, do Stroke Foundation of Canadá, afirmam que deve-se organizar em cada Hospital uma unidade de atendimento especializadas em AVC, que deverá tratar, fazer o atendimento de emergência, a reabilitação, e a reintegração desses pacientes na comunidade. Alguns
números fornecidos pela Dra. Wilson, dão a idéia da magnitude do problema no Canadá. O número de óbitos é de 47,8 pessoas em cada 100.000 habitantes. Esse total sobe quando se considera somente as pessoas de 65?69 anos, para 73,4 por 100.000 habitantes, chegando a 2003 por 100.000 nos que tem de 90 anos ou mais. O aumento da população idosa, e a expectativa de vida farão esses números aumentarem muito nos próximos anos. Em termos de recursos, os gastos com os casos de derrame são estimados em $2,7 bilhões de dólares por ano (incluindo custos diretos e indiretos de 1993) a que corresponde cerca de 2,1% do orçamento de saúde do Canadá. O Canadá tem um dos sistemas médicos para a população considerados os melhores do mundo, superando da Inglaterra, é totalmente socializado, não existe medicina privada, nem convênios. O governo gasta $125 bilhões de dólares por ano, dando uma média de 1.600 dólares por pessoa.
O Brasil gasta entre a medicina privada e a
oficial, menos de $200 dólares por pessoa/ ano.







Fonte: Can Med Ass J 26/6/2001;164(13):1853-5

 

 

Veja mais em "Psicologia" [veja todos]

:: Apoio



:: Facebook

facebook

Desenvolvimento : Dexter's