Você está aqui: Home › Colunas › Coluna Vertebral
Coluna Vertebral
Sexualidade após lesão medular
Deve-se diferenciar entre sexualidade e função sexual, e também entre lesão cerebral e medular, que ocorre entre paraplégicos e tetraplégicos.
O ser humano desde o desenvolvimento intra-uterino desenvolve no cérebro, no local denominado de hipotálamo, o chamado sistema límbico, que concentra todas as emoções, dor, fome, prazer, alegria, tristeza e inclusive os impulsos sexuais. Essas sensações acompanha o ser humano até o fim da terceira idade. É nessa região cerebral responsável pelo orgasmo, mas por questões culturais, o orgasmo ficou unicamente associada à região genital. Nas pessoas que são paraplégicos e tetraplégicos, o cérebro se mantém integro, e portanto todos impulsos sexuais são mantidos. Desta forma, a líbido, o desejo sexual, continua intacto e pode ser estimulado através de outras zonas erógenas. Esses desaparecem quando o cérebro fica lesionado, nessa região
específica. A função sexual que engloba reações, no homem, como ereção e ejaculação, são afetadas pela lesão medular (tanto na cervical
como na lombar), dos paraplégicos e tetraplégicos. Em cerca de 70% dos homens têm disfunções eréteis e cerca de 90% a 95%, ejaculatórias. A mulher, com a perda da sensibilidade local,
pode ter diminuição da lubrificação vaginal, mas mantém intato seu desejo sexual, podendo engravidar e ter filhos. L.Laessoe e colaboradores, urologistas Center for Spinal Cord Injured, da Universidade de Copenhagen, Dinamarca estimularam a ejaculação de 14 homens com lesões na medula de C4 a T7, e com hiperreflexia do músculo detrusor. A ejaculação foi obtida
através da vibração peniana a cada 3 dias, 3 vezes e repetida depois de 1 mês, depois do 4 mês de tratamento a ejaculação foi acompanhada pelo aumento de expansão da bexiga, e da diminuição do espasmo músculo detrusor. Havendo a ejaculação há possibilidade de engravidar a companheira, e recuperar a disfunção da bexiga, nesses lesionados medulares graves.
Fonte: J Urol. 2003 Jun;169(6):2216-9

 

 

Veja mais em "Coluna Vertebral" [veja todos]

:: Apoio



:: Facebook

facebook

Desenvolvimento : Dexter's