Você está aqui: Home › Colunas › Fisioterapia
Fisioterapia
AVC e reposição hormonal
O Acidente Vascular Cerebral (AVC) é a terceira maior causa de morte nos Estados Unidos, e a principal causa de seqüela neurológica nos adultos.
No Brasil, os estudos mostram que as doenças cardiovasculares, como o AVC, são a primeira causa de morte. O AVC é desencadeado por vários fatores de risco, como hipertensão arterial, doença cardíaca, fibrilação atrial, diabetes, tabagismo, colesterol elevado, uso de pílula anticoncepcional, consumo de álcool e doenças que aumentam a coagulação do sangue. Quanto mais rápido é o diagnóstico da doença, e o início da atuação terapêutica, melhor será a futura qualidade de vida do paciente, e o seu retorno às atividades sociais e produtivas. As melhores chances de tratamento eficaz de um AVC estão nas primeiras três horas após sua instalação. S.R.Gabriel e colaboradores, fizeram uma revisão para a Cochrane Library nos métodos da Medicina Baseada em Evidências sobre a influência da Terapia de Reposição Hormonal (TRH) sobre a prevenção do AVC nas mulheres após a menopausa. Concluíram os autores, que TRH não traz nenhum efeito protetor constatado para alguns dos eventos cardiovasculares: não houve diminuição na mortalidade de todas as doenças em geral, e nem especificamente as cardiovasculares, não houve diminuição da incidência de enfarto do miocardio fatal e não fatal, também não houve diminuição na incidência de casos de trombose venosa ou AVC. Ao contrário comparando as mulheres que fizeram a TRH, com as que tomaram placebo, dependendo de outros fatores individuais, trouxe riscos mais elevados de eventos trombóticos nas veias (risco relativo (RR) de 2,15, IC-intervalo de confiança de 95%, variou de 1,61 a 2,86, de embolia pulmonar (RR de 2,15, IC de 95% variou de 1,41 a 3,28), e do AVC (RR de 1,44, IC variou de 1,10 a 1,89). Concluíram os autores, que no presente conhecimento dos fatos não se deve recomendar o início da TRH com exclusividade de impedir eventos cardiovascular, e o AVC em mulheres na fase pós-menopausal (com ou sem doença cardiovascular).
Fonte: Cochrane Database Syst Rev. 2005 Apr 18;(2):CD002229

 

 

Veja mais em "Fisioterapia" [veja todos]

:: Apoio



:: Facebook

facebook

Desenvolvimento : Dexter's