Você está aqui: Home › Colunas › Ortopedia
Ortopedia
Acidentes e arma de fogo
As mortes por causas externas, entre elas acidentes de trânsito, homicídios, suicídios e afogamentos, têm um peso cada vez mais
significativo entre os óbitos no Brasil. Em 1980, representavam cerca de 9% do total. Em 2000, 13% das mortes foram por causas externas.
Em 2001, o Ministério da Saúde contabilizou 956.320 mortes no Brasil, e as causas externas apareceram em terceiro lugar com 46.685 registros. Ficaram atrás apenas das doenças do aparelho circulatório e das neoplasias (câncer).
Entre 1980 e 2000, os homicídios foram responsáveis por 584.457 mortes no país. Enquanto na década de 80, os acidentes de trânsito
representaram a principal causa de morte entre as externas, na década de 1990, os homicídios passaram a ser a primeira causa de mortes violentas. Em 2001, 71,5% das mortes por agressões foram provocadas pelo uso de
armas de fogo. D.Singh e colaborador da Universidade de Chandigarh, Índia fizeram uma
revisão de 25 anos (1977-2002) de autopsias de 5933 mortes por causas externas, que foram trazidas para o Hospital. As mortes por acidentes, 3050 (79,3%) desse total constituíram a maioria das fatalidades, seguidos em 13,9% por homicídios e 6% por suicídios. Os acidentes de tráfego, queimaduras, o envenenamentos, quedas acidentais de altura e ferimentos por arma de fogo foram responsáveis 94,5% das 3050 mortes. Houve uma preponderância do sexo masculino (73,4%) em todas as causas de mortes à exceção das queimaduras onde as mulheres (61%) ultrapassaram os homens (39%). A incidência de morte por envenenamento subiu de 5,7% para 22,6%l; e as queimaduras tinha aumentaram de 12% para 24,3%; devido as mortes por arma de fogo diminuíram de 4,5% e 1,2%. A proporção de mortes devido aos acidentes de tráfego na estrada (50,3%); e quedas acidentais de altura (6,9%) permaneceram estáveis.
Fonte: J Clin Forensic Med. 2003 Sep;10(3):145-52

 

 

Veja mais em "Ortopedia" [veja todos]

:: Apoio



:: Facebook

facebook

Desenvolvimento : Dexter's