Você está aqui: Home › Colunas › Osteoporose
Osteoporose
Fatores que influem na osteoporose
Estudos sobre osteoporose mostram que a raça negra apresenta densidade mineral óssea (BMD, abreviatura em inglês) maior do que a raça branca e esta, maior do que a amarela. A BMD de indivíduos brancos, de diferentes países, é composta por massas ósseas variadas, porque a raça branca apresenta composições étnicas diferentes nas várias regiões do mundo. A densitometria óssea, exame que mede a osteoporose, permite a quantificação precisa e exata da massa óssea. A partir dela, foram estabelecidos padrões de normalidade que são distintos para as diferentes raças. Além da raça, muitos outros fatores influenciam a massa óssea, tais como sexo, hereditariedade, peso corporal (PC), dieta, atividade física e status hormonal. Dentre esses, o PC tem sido identificado, por vários autores, como sendo um dos maiores determinantes da massa óssea. Entretanto, pouco se sabe a respeito da influência do PC sobre a variação da massa óssea em função da idade, ou seja, nas diferentes fases da vida. As mulheres obesas geralmente não têm osteoporose. A massa óssea nas mulheres varia basicamente em função da idade e do nível estrogênico. A BMD aumenta gradualmente, durante a infância e, de forma acelerada, na adolescência. Por alguns anos, após cessar o crescimento, a massa óssea continua a aumentar até atingir um pico, que ocorre em 80 % do total até o final da puberdade e chega a 100% do pico até 32 a 35 anos, isto é, a quantidade máxima de massa óssea que um indivíduo acumula desde o nascimento até a maturidade do esqueleto. A massa esquelética adquirida se mantém por alguns anos, e a partir dos 45 anos, na mulher, tem inicio o declínio da massa óssea (BMD).
Fonte: J Nutr Health Aging 2002;6(4):282-6

 

 

Veja mais em "Osteoporose" [veja todos]

:: Apoio



:: Facebook

facebook

Desenvolvimento : Dexter's