Você está aqui: Home › Colunas › Reumatismo
Reumatismo
Processo Inflamatório na Artrite Reumatóide
A inflamação é uma reação orgânica do sistema imunológico do organismo que combate a infecção, cura ferimentos e acidentes. Nessas duas ocasiões infecções e ferimentos, as células brancas são mobilizadas para a área agredida e surge a inflamação. Em pessoas normais esse processo é controlado e auto limitado. Mas na artrite reumatóide, por algum problema genético o processo inflamatório que se instalou nas sinoviais fica crônico. As células básicas que atuam no processo inflamatório são os glóbulos brancos do sangue chamados de linfócitos e os leucócitos.
Existem duas qualidades de linfócitos, chamados de linfócitos tipo T e linfócitos do tipo B. De um modo normal, um agente infeccioso, vírus ou bactéria (chamado, em imunologia, de antígeno) é reconhecido pelo linfócito T e organiza ou estimula a produção de anticorpos. Outro fator importante no processo inflamatório, em geral, são as citoquinas. As citoquinas da artrite reumatóide são conhecidas: o fator de necrose tumoral (FNT) e interleucinas. Algumas citoquinas agem sobre certas enzimas como a colagenase e a catepsina L, que destroem a cartilagem. Uma das mais importantes citoquinas associadas a Artrite reumatóide é fator de necrose tumoral (FNT), que está presente no líquido sinovial das crises agudas de sinovite da doença reumatóide.
Fonte: J Rheumatol. 2001 Aug;28(8):1817-24.

 

 

Veja mais em "Reumatismo" [veja todos]

:: Apoio



:: Facebook

facebook

Desenvolvimento : Dexter's