Você está aqui: Home › Colunas › Educação Física
Educação Física
Contusões entre atletas colegiais
J. W. Powell e colaboradores, da Med Sports Systems, em Iowa, USA, acompanharam de 1995 a 1997, os 39032 jogadores que estavam inscritos na lista de atletas dos times dos colégios da região, para os seguintes esportes: basquete (masculino e feminino), futebol (masculino e feminino), baseball (masculino) e softball (feminino). As contusões foram registradas, diariamente, por treinadores certificados. Os 39.032 jogadores desse período tiveram 8.988 contusões registradas e as taxas de contusões por 100 jogadores para softball (16.7) e para futebol feminino (26.7) foram maiores que para baseball (13.2) e futebol masculino (23.4). As taxas de contusões, no joelho, por 100 jogadores, para basquete feminino (4.5) e futebol feminino (5.2) foram maiores que para seus equivalentes masculinos. Contusões graves ocorreram mais freqüentemente no basquete feminino (12.4) e no futebol feminino (12.1) do que no basquete (9.9) e futebol (10.4) masculino. Jogadores de baseball (12.5) tiveram mais contusões graves que jogadoras de softball (7.8). Houve um número maior de cirurgias, particularmente no joelho e ligamento cruzado anterior, para jogadoras de basquete e futebol do que para meninos e meninas nos outros esportes. Os autores concluem que a incidência de contusões em meninas que participam de esportes, no colégio, é maior que em meninos.
Fonte: Am J Sports Med Mar 2000 , 28 : 385-91

 

 

Veja mais em "Educação Física" [veja todos]

:: Apoio



:: Facebook

facebook

Desenvolvimento : Dexter's