Você está aqui: Home › Colunas › Reumatismo
Reumatismo
Artrite reumatóide e linfomas malígnos
A artrite reumatóide (AR) é um tipo de reumatismo que tem uma relação muito íntima, com o sistema linfocitário que incluem os glóbulos brancos do sangue, o baço e linfa do organismo. Os tumores malígnos também tem essa relação. Acreditava-se que os tumores malígnos do sangue, que são chamados de linfomas tivesse uma relação muito mais significativa. Eva Baecklund e colaboradores, reumatologistas, da Universidade de Uppsala, Suécia realizaram um estudo para investigar quais pacientes tem risco maior de desenvolvimento linfoproliferativo, e se o tipo de tratamento anti-reumático tem alguma associação com esse risco.
De um grande conjunto de 74.651 pacientes com artrite reumatóide, o diagnóstico de linfoma malígno entre os anos de 1964 a 1995, foram
feitos em 378 pacientes. Informações sobre as características da doença e tratamento, desde a
instalação da AR até o diagnóstico de linfoma foram extraídos dos prontuários eletrônicos, existentes no sistema de saúde da Suécia.
Os pesquisadores descobriram que os riscos relativos para linfoma, eram a maior parte dos linfomas (48%); foram do tipo difuso com células grandes do tipo B, mas outros subtipos de linfoma também apresentaram uma associação com a atividade cumulativa da doença. Tratamentos padrões não-biológicos não aumentaram o risco para desenvolvimento de linfoma. Os autores concluíram que o risco de linfoma, ficam muito aumentado no subgrupo de pacientes com artrite reumatóide muito grave. A alta atividade inflamatória, mais que seu tratamento, é um grande risco determinante.
Fonte: Arthritis Rheum. 2006 Mar;54(3):692-701

 

 

Veja mais em "Reumatismo" [veja todos]

:: Apoio



:: Facebook

facebook

Desenvolvimento : Dexter's