Você está aqui: Home › Colunas › Ortopedia
Ortopedia
Infecção nos ossos
Osteomielite é uma infecção por microorganismos dos ossos. As bactérias causadores chegam: através de infecções originadas em lesões cirúrgicas ou acidentais; pelo sangue, que podem trazer infecções de outras partes do corpo. Praticamente todos os ossos do corpo podem desenvolver a doença. Os ossos longos das extremidades (braços e pernas, principalmente em crianças) e a coluna vertebral, em adultos que são os locais mais afetados. Em diabéticos, cerca da metade dos pacientes que têm pé diabético (úlcera no pé) desenvolvem osteomielite nessa região. A osteomielite pode se espalhar, causando a interrupção desse fluxo e a conseqüente morte do osso (necrose). Descobrir a causa exata da doença é essencial, pois o tratamento varia de acordo com o agente causador. Para isso, utilizam-se amostras de sangue ou da área lesada, onde esses organismos são mais facilmente encontrados. M.F.Termaat e ortopedistas, colaboradores da Universidade de Ansterdam, Holanda fizeram uma revisão na literatura médica para diagnosticar a osteomielite crônica através de exames diagnósticos não invasivos (radiografia, PET-scan, cintilografia de leucócitos, cintilografia óssea, cintilografia por Gálio, imagem por Ressonância Magnética e Tomografia Computadorizada); além de um exame diagnóstico padrão-ouro (histologia, resultado de cultura ou seguimento clínico). Uma vez que uma das principais características de um bom exame diagnóstico é a sua habilidade de fazer a distinção entre duas condições semelhantes. Eles incluíram um total de 23 estudos que avaliaram 1269 pacientes. O PET-scan, em comparação com qualquer outro exame isolado, foi mais sensível (96%) e específico (91%). Isso se traduz para uma razão de probabilidade positiva de 10,7 (variando de 4,6 -19,8); e uma razão de probabilidade negativa de 0,04 (IC de 95%:variando de 0,01-0,15). Algumas combinações de exames (cintilografia óssea com cintilografia leucocitária, cintilografia óssea com cintilografia por Gálio); tiveram uma sensibilidade comparável. Isso mostra como a osteomielite que começa aguda é de difícil diagnóstico.
Fonte: J Bone Joint Surg Am 2005;87:8722-71

 

 

Veja mais em "Ortopedia" [veja todos]

:: Apoio



:: Facebook

facebook

Desenvolvimento : Dexter's