Você está aqui: Home › Colunas › Coluna Vertebral
Coluna Vertebral
Mortes no trânsito
Os acidentes de trânsito aumentaram 9% em três anos no Brasil, entre pessoas com menos de 59 anos. Em 2002, 32.753 pessoas morreram por
esta causa, enquanto que em 2005, os registros de óbitos chegaram a 35.753. Os dados mostram que houve uma reversão da tendência de queda notada a partir de 1998, como impacto do novo Código de Trânsito Brasileiro. Outro dado da avaliação foi o aumento de 72% nos óbitos em municípios com
menos de 100 mil habitantes entre 1990 e 2005, quando passaram de 9.998 para 17.191 nesses municípios. As faixas etárias mais afetadas foram as dos 20 aos 39 (45%) e dos 40 aos 59 anos (26%), totalizando 25.375 óbitos entre os 35.753 registrados em 2005. Do total de mortes nessas faixas, 85% (cerca de 21.529 óbitos) ocorreram entre homens. Entre os adolescentes, o acidente de trânsito já é a segunda principal causa de morte - a primeira é o homicídio. De acordo com nova avaliação, 3.976 pessoas entre 10 e 19 anos perderam a vida no trânsito em 2005. Quanto às internações no Sistema Único de Saúde (SUS), dados de 2006 indicam que foram 123.061, ao custo de R$ 118 milhões. A maioria das internações (41.517) ocorreram por tropelamentos, seguidos pelos acidentes com motociclistas (34.767). As causas das preocupantes estatísticas estão relacionadas ao consumo excessivo de bebidas alcoólicas, alta velocidade, não uso de capacetes ou de cinto de segurança, problemas na infra-estrutura de rodovias e vias públicas. Grande parte dos óbitos por acidentes de trânsito é devida aos atropelamentos de pedestres ou acidentes envolvendo automóveis, embora nos últimos anos observe-se aumento no risco de morte por acidentes de trânsito envolvendo motos. Os acidentes de trânsito matam hoje mais de um milhão de pessoas por ano em todo o mundo, e deixam entre 20 milhões e 50 milhões de pessoas feridas. Os jovens representam a maioria das vítimas, que muitas vezes, apresentarão seqüelas pelo resto da vida. A elevada mortalidade por acidentes de trânsito representa um problema de saúde pública, tanto no Brasil como em diversos países, tomando aspectos de uma verdadeira epidemia. Os acidentes de trânsito e a violência urbana são as causas mais importantes de mortalidade entre jovens com menos de 35 anos, principalmente do sexo masculino. Os acidentes de trânsito encontram-se no contexto da violência urbana, que entre as causas gerais, são as que mais matam pessoas com idade abaixo dos 39 anos. P.V.Giannoudis e colaboradores, da University of Leeds Inglaterra, estudam em 101 casos de politraumatismo, com pessoas acima
de 18 anos, por acidente de carro para verificar se tiveram a "síndrome do chicote" que é uma agressão a coluna cervical. Somente 13 % tiveram esse síndrome, com dor na cervical, que é relativamente baixa e não tinha relação com a gravidade do acidente.

.



Fonte: Spine. 2007 Apr 1;32(7):776-81

 

 

Veja mais em "Coluna Vertebral" [veja todos]

:: Apoio



:: Facebook

facebook

Desenvolvimento : Dexter's