Você está aqui: Home › Colunas › Educação Física
Educação Física
Lesões do Joelho
As lesões do joelho das pessoas em geral, atletas e não atletas de ambos os sexos, de todas as idades podem ter causa congênita, por
traumatismos que é a mais comum, o desgaste dos componentes da articulação chamada de artrose ou osteoartrose. Cerca de 30% das crianças com idade a partir de três anos apresentam alguma deformidade de joelho, cuja principal causa é a genética. As deformidades dos joelhos varo (joelho para fora e perna para dentro, ípico de cavaleiros); e valgo (joelho para dentro e perna para fora,
joelho em ?X?); são os problemas mais comuns congênitos que se manifestam por volta dos três ou quatro anos de idade. O joelho varo pode ser causado também pelo raquitismo ? deficiência de vitamina D. É importante chamar a atenção das mães para este tipo de problema, já que hoje existem ferramentas na medicina que possibilitam o tratamento. Com o advento da Ressonância Magnética é possível um diagnóstico preciso
da gravidade da lesão, também a artroscopia (procedimento minimamente invasivo, uma espécie de video-cirurgia, que permite visualizar
precisamente as lesões nos tendões e articulações, além de tratá-las,prevenir a evolução das mesmas), aumentando os índices de cura dessas
lesões. Os traumatismos podem ser os ossos da articulação ou indiretos quando agridem os ligamentos, meniscos e provocam os entorses. Entretanto, podem acontecer lesões isoladas ou combinadas e as mais comuns são: 1) A lesão do ligamento cruzado anterior (LCA). Esse ligamento é
responsável pela estabilidade do joelho, não permitindo o movimento para frente); 2)Lesão menisco medial (LMM) Menisco é uma espécie de amortecedor que fica dentro da articulação, essa porção do menisco fica próxima a LCA; LCP (lesão do ligamento cruzado posterior ? que afeta o ligamento posterior, não permitindo o movimento para trás); 4) Lesões dos ligamentos colaterais, localizados nas laterais do joelho, responsáveis pela estabilidade lateral e medial da articulação;
Os atletas estão mais sujeitos a lesões, dependendo da modalidade esportiva. Os surfistas, por exemplo, sofrem mais com meniscos e
ligamentos rompidos devido à força aplicada em uma manobra, quando o joelho é forçado a um movimento brusco de rotação. No voleibol, os
saltos constantes e a impulsão vertical provocam lesões na articulação do joelho. O preparo físico e muscular é muito importante, tanto para atletas como não atletas. Alongar, caminhar, fazer teste ergométrico periodicamente, manter o peso com uma alimentação balanceada são alguns dos procedimentos que devem fazer parte da rotina. Já para os atletas profissionais, a exigência de preparo físico é muito maior e mais freqüente. Mesmo assim, o calendário exaustivo dos campeonatos em grande parte das modalidades favorecem o aparecimento das lesões, apesar de todos os cuidados dos técnicos e comissões esportivas. O aumento da incidência de lesões no joelho tem sido constatado em adolescentes, jovens, homens e mulheres acima de 45 anos, estas últimas porque estão praticando cada vez mais esporte.M.Majewski e ortopedistas, de Listal na Suíça, estudaram as lesões de joelhos de atletas durante 10 anos. Foram documentados 17.397 pacientes com 19.530 lesões, causados por atividades esportivas em todas as articulações, mas 6.434 pacientes (37%); tiveram 7.769 (39,8%) acidentes no joelho. Sendo que 68,1% eram em homens e 31,6% mulheres. Cerca de 50% dos pacientes tinham entre 20-29 anos (43,1%) na época do acidente.
Fonte: Knee. 2006 Jun;13(3):184-8

 

 

Veja mais em "Educação Física" [veja todos]

:: Apoio



:: Facebook

facebook

Desenvolvimento : Dexter's