Você está aqui: Home › Colunas › Ortopedia
Ortopedia
Acidentes nas estradas e os jovens
A violência nas cidades grandes esta se espalhando para as cidades de médio e pequeno porte, mostram que as estatísticas de mortalidade apontam as causas externas (acidentes, homicídio, suicídio, morte violenta); como a principal responsável pelos óbitos entre os jovens. O abuso do álcool e drogas são outros fatores pelo elevado número de mortes por causas externas, dentre os jovens.
As autoridades inglesas chamam atenção para a magnitude do problema que a morte precoce acarreta para a sociedade, destacando que os acidentes rodoviários são a terceira causa de morte em crianças com idade entre 5 e 9 anos, e a segunda causa de óbito dentre os adolescentes com idade
entre 15 e 19 anos. Os acidentes, envolvendo caminhões e carros de passeio que conduzem crianças, são um dos mais importantes responsáveis pela alta mortalidade dos acidentes rodoviários, nesta faixa de idade. As estatísticas mundiais estimam que anualmente 1,2 milhões de jovens morrem, em decorrência de acidentes nas estradas, e um número ainda maior sofre seqüelas importantes, que permanecem para o resto de suas vidas. A lesão traumática do cérebro é a principal causa de óbito entre jovens que sofrem acidente rodoviário. Além disso, as pesquisas atuais estimam que em torno de 41 bilhões de dólares são gastos em decorrência destes acidentes, e somas ainda maiores envolvem tais eventos, pois a perda de capacidade produtiva dos jovens que morrem, a sustentação daqueles que permanecem com seqüelas que os impedem de trabalhar, e os gastos com reabilitação após o acidente, também devem ser computados neste cálculo. Assim, conclui-se que campanhas educacionais e preventivas devem ser realizadas, a fim de se tentar reduzir as mortes de crianças e jovens em acidentes rodoviários.


Fonte: Lancet. 2007 Apr 21;369:1319

 

 

Veja mais em "Ortopedia" [veja todos]

:: Apoio



:: Facebook

facebook

Desenvolvimento : Dexter's