Você está aqui: Home › Colunas › Ortopedia
Ortopedia
Lesões nos meniscos do joelho
A ressonância magnética (RM) dos joelhos é a segunda mais solicitada, pelos médicos, ficando
atrás apenas da (RM) do crânio. E nos joelhos, as lesões dos meniscos são os que mais requerem
esse tipo de exame. Na ressonância convencional também chamada de técnica DP-SE, a gordura
aparece na imagem, dificultando o diagnóstico. A técnica, conhecida por DP-SPIR, é mais precisa
porque uma imagem que é enviado antes da captação da imagem apaga a gordura, sem prejudicar os detalhes anatômicos. Essa técnica de ressonância magnética (RM) era até agora utilizada para diagnosticar lesões nos ombros e no osso medular, além de certos tipos de tumores, também pode ser aplicada nos meniscos do joelho. O exame, que tem custo e duração iguais ao convencional, é mais sensível para detectar
lesões. De 8 a 40 dias após os exames de ressonância magnética, os pacientes foram submetidos a uma artroscopia ? exame do interior do joelho. Os resultados dessa técnica, mais precisa porque permite a visualização direta dos meniscos, foram comparados aos da ressonância. Atualmente, a artroscopia só é utilizada para tratamento, e não para diagnóstico, pois é mais agressiva e necessita de internação hospitalar. Ela foi usada nesse caso em função do seu alto grau de precisão, que serviu como parâmetro na avaliação da eficiência das duas modalidades de ressonância. Os pesquisadores analisaram a sensibilidade (capacidade de diagnosticar a lesão), a especificidade (capacidade de diagnosticar a não-lesão) e a acurácia (diagnóstico correto, independentemente de ter ou não a lesão) das seqüências DP-SPIR e DP-SE nos planos sagital e coronal, além dos dois em conjunto, tendo como referência a artroscopia. F.K.Schäfer e colaboradores, da Universidade Kiel, Alemanha usando a técnica de supressão da gordura na Ressonância de 62 meniscos, os resultados foram comparados em relação a artroscopia em 186 regiões mensicais anterior, posterior e corpo do menisco. Pela artroscopia foram identificados
55 em 186 lesões, com uma especificidade de 91,4% e sensibilidade de 90% que os autores
consideraram o método altamente eficaz.
Fonte: Acta Radiol. 2006 May;47(4):385-90.

 

 

Veja mais em "Ortopedia" [veja todos]

:: Apoio



:: Facebook

facebook

Desenvolvimento : Dexter's