Você está aqui: Home › Colunas › Psicologia
Psicologia
Consumo de Álcool na População
A divulgação do I Levantamento Nacional sobre os Padrões de Consumo de Álcool na População Brasileira, foi feito dia 22 de setembro de 2007. O estudo inédito realizado pela Universidade Federal de São Paulo, e financiado pela Secretaria Nacional Antidrogas (SENAD) traça um cenário de como o brasileiro bebe, o que pensa sobre as políticas de bebidas alcoólicas, e quais são os problemas associados ao consumo do álcool no Brasil. Os resultados do levantamento revelam que o consumo abusivo de álcool e suas conseqüências é um grave problema de saúde pública. O levantamento pioneiro no Brasil revelou, entre outros dados, que 28% dos brasileiros já beberam de forma abusiva em um curto espaço de tempo até ficar embriagado. Outro dado alarmante é que jovens (18 a 24 anos) são os que bebem em quantidades maiores do que aqueles com 60 anos ou mais. A Política Nacional sobre o Álcool, sancionada por decreto presidencial em maio de 2007. Essa política traz um conjunto de medidas interministeriais para reduzir e prevenir os danos à saúde e à vida,bem como às situações de violência associadas ao uso prejudicial de bebidas alcoólicas na população brasileira. A intenção da campanha publicitária não é proibir o consumo, mas prevenir e promover saúde. M.Baumann e colaboradores, do serviço de Saúde da França estudaram 6.216
pessoas com idade acima de 15 anos selecionadas ao acaso no norte da França. Os autores criaram um índice de deprivação D, definido de acordo com as sequintesníveis cumulativamente somados; baixo nível social, sem escolaridade, viver sozinho, trabalhador braçal, desempregado, baixo rendimento e não dono de sua casa. A deprivação D1 esteve freqüente em da 37,4% dos entrevistado; categoria D=2 foi de 21,2% e 10,0% pertenceram a categoria D3. Mais homens do que mulheres fumavam (30,2% vs.21,9%) abusavam do álcool (12,5% vs. 3,3%); mas as drogas
psicotrópicas eram mais freqüente entre as mulheres do que os homens (23,8% vs. 41,0%).
Fonte: Int J Health Geogr. 2007 Nov 9;6(1):50

 

 

Veja mais em "Psicologia" [veja todos]

:: Apoio



:: Facebook

facebook

Desenvolvimento : Dexter's